Criado em 12 Setembro 2018

O vestibular da Universidade Estadual de Londrina (UEL), no norte do Paraná, recebeu 20.146 inscrições. O prazo terminou no dia 5 de setembro.

O processo seletivo tem duas fases, a primeira que será realizada no dia 21 de outubro e a segunda nos dias 2,3 e 4 de dezembro. A universidade oferece 3.085 vagas, destas 564 são oferecidas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), em 53 cursos de graduação.

De acordo com a Coordenadoria de Processos Seletivos (Cops), 12.079 inscritos são do Paraná, destes 7.536 moradores de Londrina. Os demais 5.546 candidatos são do estado de São Paulo.

Do total de inscritos, 60% são mulheres, ou seja, 12.079 candidatos. Nesta edição, há 8.067 candidatos homens.

Em relação às cotas, 6.486 candidatos vão concorrer pelo sistema de cotas de escola pública, 1.211 são negros provenientes de escolas públicas e 550 são negros. O vestibular tem 11.899 estudantes disputando uma vaga pelo sistema universal.

Ainda há 1.107 estudantes que se inscreveram como treineiros, jovens que farão concurso como experiência.

O vestibular deste ano ainda teve um aumento de 25% do número de pessoas beneficiadas com isenção ou desconto na taxa de inscrição, saltando de 1.254 , no ano passado, para 1.679 neste ano.

 

Cronograma Vestibular 2019

 

 

  • Prova de Habilidades Específicas - Música: 30 de setembro, das 8h às 11h e das 14h às 18h Resultado será divulgado dia 4 de outubro.
  • 1ª fase do Vestibular: 21 de outubro, das 14 às 18 horas. 
    Provas de Conhecimentos Gerais. 
    Resultado da primeira fase: 7 de novembro, às 17h
  • 2ª fase do Vestibular: dias 2, 3 e 4 de dezembro. 
    Dia 2 - das 14h às 18 horas
    Provas de Língua Portuguesa e Literaturas em Língua Portuguesa, Língua Estrangeira e Redação
    Dia 3 - das 14h às 18h
    Prova discursiva de Conhecimentos Específicos
    Dia 4 - das 8h às 11h e das 14h às 18h
    Prova de Habilidades Específicas (Arquitetura e Urbanismo, Artes Visuais, Design de Moda e Design Gráfico).
  • Resultado Vestibular: 18 de janeiro de 2019

G1