Criado em 05 Fevereiro 2015

Especialistas afirmam: frutas são essenciais para a dieta e para a saúde. Mas você sabia que a forma que você consome faz toda a diferença e que o exagero pode transformar as frutinhas em vilãs para o corpo? Para evitar problemas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda comer cinco porções por dia. E qual deve ser a quantidade de fruta em uma porção? E onde o suco entra nessa história?

O que é uma porção de fruta

Uma porção é calculada pelas calorias dos alimentos, onde cada porção equivale a cerca de 60 ou 70 calorias (relativo a uma dieta de 2 mil calorias diárias). 

A conta é simples. Frutas unitárias de tamanho médio, como maçã, banana e pera, por exemplo, podem ser consideradas uma porção. Frutas maiores, como melão, mamão ou melancia, têm em uma fatia as calorias necessárias da porção. Já frutinhas pequenas, que vêm em cachos, como uvas, podem ser consumidas de 10 a 12 frutos por porção. 
 

Um copo de suco é uma porção de fruta?

Os sucos podem ser perigosos, já que, muitas vezes se usa mais do que uma porção de frutas para preparar um copo. É o caso do suco de laranja, por exemplo, que precisaria de ao menos três laranjas para preparar a bebida. Nesse caso, a pessoa consumiria três das cinco porções diárias recomendadas em apenas um copo da bebida.

Além disso, o suco é uma opção mais calórica e com menos fibras do que a fruta in natura, e também pode pedir pela adição de açúcar ou adoçante. Por isso é sempre mais indicado comer uma porção de fruta. Porém, caso não tenha como consumi-las, o suco pode ser uma alternativa – desde que respeite a quantidade ideal indicada pela OMS.