Consulta pública começou nesta sexta-feira (31) e vai até 14 de agosto.

Plano Municipal de Promoção da Igualdade Étnico Racial busca garantir política públicas para população negra, indígena e cigana de Curitiba Prefeitura de Curitiba/Reprodução Curitiba abriu a consulta pública online para a elaboração do Plano Municipal de Promoção da Igualdade Étnico Racial (Plamupir) nesta sexta-feira (31).

O prazo para participar vai até 14 de dezembro, na plataforma do Instituto Municipal de Administração Pública (Imap). De acordo com a assessoria de Direitos Humanos e Promoção da Igualdade Étnico Racial da prefeitura o formato online foi adotado por causa da pandemia do novo coronavírus. A participação consiste em selecionar a região da cidade onde mora e responder o questionário, dividido em oito eixos.

Em cada um, a população poderá escolher até três opções que considera mais importantes.

Veja os eixos abaixo: Saúde Educação Diversidade Cultural Esporte, Lazer e Juventude Direitos Humanos e Enfrentamento às Violências e ao Racismo Desenvolvimento Social e Segurança Alimentar Trabalho e Desenvolvimento Econômico Comunicação Conforme a prefeitura, o plano tem o objetivo de garantir a implementação e adoção de políticas públicas que possibilitem à população negra, indígena e cigana de Curitiba o atendimento das necessidades específicas.

O plano valerá por quatro anos. Após a consulta pública, as propostas de políticas públicas serão discutidas com o Conselho Municipal de Políticas Étnico Raciais (Comper) para que o plano seja finalizado.

Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.